• DIETOTERAPIA CHINESA

A Dietoterapia Chinesa é um dos pilares da Medicina Chinesa. Os alimentos são utilizados para nutrir, prevenir e restabelecer a saúde, além de promover longevidade. A dietética chinesa descreve padrões ou síndromes bem definidas, onde se leva em consideração não só a doença, mas o estágio onde ela se encontra e as características de reação do indivíduo.

A cozinha chinesa e a Medicina Chinesa sempre estiveram muito relacionadas através dos tempos. A cor, aroma e sabor não são os únicos princípios a serem seguidos na cozinha chinesa, os chineses têm uma crença tradicional no valor medicinal dos alimentos e que os alimentos e os remédios têm a mesma origem.

Na filosofia chinesa o equilíbrio (Yin e Yang) é um conceito fundamental e é também aplicado à dieta. A dieta pode ser mais Yin ou Yang de acordo com as características de cada pessoa, sempre buscando o equilíbrio. A dietoterapia chinesa baseia-se no fato de que não pode faltar na alimentação nenhum dos cinco elementos naturais: água, terra, fogo, madeira e metal.

A Medicina Chinesa é transmitida através de pequenos ditados ou provérbios de saberes clássicos dos grandes mestres. Alguns desses provérbios falam sobre as diferenças entre adultos e crianças na tradição dessa medicina. Sendo um método praticamente indolor, consistindo técnicas como Auriculoterapia, Acupuntura e Moxabustão.

Algumas indicações, mas também devemos pensar na ação preventiva, não só quando a dor ou doença aparece.